Dilma fará pronunciamento sobre morte de Eduardo Campos ainda hoje

A presidente Dilma Rousseff cancelou todos os compromissos desta quarta-feira (13), depois de ficar sabendo do acidente aéreo que matou o candidato à presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos.

Dilma está no Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência, reunida com assessores. Ela vai se pronunciar ainda nesta quarta, sobre a morte do adversário.

Dilma concederia entrevista ao Jornal Nacional
nesta quarta.
André Dusek/10.08.2014/Estadão Conteúdo
Candidato à Presidência pelo PSB, Campos ia de avião do Rio de Janeiro para o Guarujá, em São Paulo, onde teria agenda pública de campanha. O jato Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, em que ele viajava, caiu na cidade de Santos por volta das 10h desta quarta-feira.

O avião que caiu decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino à Base Aérea de Santos. Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo, segundo a FAB. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

Campos foi governador de Pernambuco por dois mandatos consecutivos, de 2007 a 2014, e se licenciou do cargo neste ano para concorrer à Presidência da República. Antes de se eleger governador, Campos foi deputado por três mandatos consecutivos. Em 2005, o político pernambucano se tornou ministro da Ciência e Tecnologia do governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Relacionado

Presidente 2330067895559819248

Postar um comentário

emo-but-icon

item